Sexta-feira, 18 de Agosto de 2006

I ANIVERSÁRIO DO SÍTIO OFICIAL

 

Ocorre por estes dias o I Aniversário do Sítio Oficial da Beata Alexandrina: foi por esta altura que, há uma no atrás, o Sr. Pe. Granja, o Afonso Rocha e o José Ferreira se reuniram em Balasar para dar corpo a um espaço informático que proporcionasse informação variada e que se tornasse como que o ponto de encontro dos divulgadores e amigos da Alexandrina. De um sítio que tem só um ano de vida dificilmente se poderia pedir mais do que o que ele já oferece.

Foi no dia 22 de Agosto de 2005.

 

ECOS DO ENCONTRO DE DIVULGADORES

 

O «Diário do Minho», da Arquidiocese de Braga, e o «Póvoa Semanário», da Póvoa de Varzim, publicaram o artigo que se coloca abaixo, acompanhado de duas imagens. Entretanto, a Agência Ecclesia colocou-o no sue sítio: http://www.agencia.ecclesia.pt/noticia.asp?noticiaid=36064 ; isso terá já levado certamente muitas publicações a apresentá-lo aos seus leitores.

Há um sítio brasileiro que o colocou também em linha, assim como as Paróquias de Portugal: http://www.milicia.org.br/index.asp?pag=noticias/noticias2.asp&num=23451&m=

http://www.paroquias.org/noticias.php?id=6720

 

I ENCONTRO DE DIVULGADORES DA BEATA ALEXANDRINA

 

 

Um grupo de divulgadores da Beata Alexandrina reuniu-se, no respectivo Centro de Estudos, em Balasar, no primeiro sábado de Agosto. O objectivo era conhecerem-se melhor, saberem das dificuldades e dos projectos de cada um e coordenarem iniciativas.

Às dez horas, como combinado, começaram os trabalhos da manhã, que incluíam a apresentação dos participantes, leitura da mensagens daqueles que, não tendo podido vir, quiseram apesar de tudo marcar a sua presença e apresentação de duas breves comunicações sobre o estado actual dos estudos da Beata Alexandrina e sobre os conteúdos e importância do Sítio Oficial.

Dos que vieram, merecem especial menção o Afonso Rocha, açoriano há muito residente em Reims, França, webmaster do Sítio Oficial, o Leo Madigan, escritor neozelandês de nascimento, mas certamente muito europeu de cultura, e uma professora da Esc. Sec. de Eça de Queirós que deu óptima colaboração como tradutora.

Entre os que não puderam estar presentes, contaram-se alguns dos mais ilustres estudiosos e divulgadores da Beata. A Prof.ª Maria Rita Scrimieri, que anda actualmente, em colaboração com outro grande amigo da Alexandrina, o Pe. Pier Luigi Cameroni, a preparar as comemorações do I Centenário do nascimento do Pe. Humberto Pasquale, pôde anunciar para breve a publicação do livrinho Sui passi di Alexandrina (Na peugada da Alexandrina), que será um guião para visitar Balasar. O Pe. Pier Luigi Cameroni, por sua vez, confirmou a preparação da segunda edição do Cristo Gesù in Alexandrina, uma autobiografia que é a maior colectânea de textos da Beata de Balasar alguma vez publicada. Um homem que ultimamente descobriu a Alexandrina é o murciano Salvador Sandoval Martinez; professor de línguas clássicas, mas muito conhecedor de mística – preparou a edição da obra completa em espanhol do beato alemão Henrique Suso – enviou um belíssimo artigo em que desenvolve o tema da teologia da Cruz na Alexandrina e prometeu vir no próximo ano. A Prof.ª Yolanda, que tinha intenção de vir, foi impedida de o fazer à última hora, devido à conturbada situação política que se vive no México; mas não deixou de enviar um escrito vibrante de luta e de esperança. Também não pôde vir a Josie McEvoy, da Alexandrina Society. Quanto à Prof.ª Eugénia Signorile, seria insensato esperar que viesse, mas fez chegar na véspera a sua nova publicação, o livro Solo per Amore (Só por amor), editado pela Mimep-Docete, de Milão. É uma autobiografia (montagem autobiográfica com textos da Beata), mas mais breve que as outras conhecidas; contém um apêndice com numerosas ilustrações. Na capa figura uma bela pintura original da Graziela Sarno.

A reunião, de manhã mas também de tarde, foi muito marcada pelas oportunas intervenções do Leo Madigan, que repetidas vezes chamou a atenção para temas não programados, mas nem por isso de menor interesse.

O Prof. José Ferreira e o Afonso Rocha (da Academia de Reims) foram breves nas suas exposições; com elas esperava-se concluir os trabalhos da manhã. Mas aconteceu então uma muito agradável surpresa, quando se viu entrar pela sala o Sr. Arcebispo, D. Jorge Ortiga, acompanhado por Sua Eminência, o Cardeal D. José Saraiva Martins, Prefeito da Congregação da Causa dos Santos. Tiraram-se fotografias e houve ainda tempo para uma breve conversa.

Seguiu-se o almoço num restaurante das proximidades, que correu também muito bem.

Da parte de tarde, começou-se com uma visita à Casa da Alexandrina, após a qual se efectuou uma passagem pela casa de Felismina Martins, que se encontra de boa saúde e que manteve longa e interessante conversa com os seus visitantes. Houve, depois, ainda ocasião de passar na casa de Gresufes, onde a Beata nasceu.

No regresso ao Centro de Estudos, o Leo Madigan apresentou o seu ousado projecto de DVD, que vai agora ser estudado; se o projecto for por diante, lançará com eficácia o nome da Alexandrina no mundo quase universal da língua inglesa. O projecto aponta mais para um filme que propriamente para um documentário…

No próximo ano, espera-se repetir a iniciativa, alargando o número de convites.

O Sr. Pe. Granja informou que espera relançar  o Boletim da Alexandrina em Outubro, quando da inauguração da imagem da Beata.

Os participantes do encontro, que vêem na Beata Alexandrina uma das grandes figuras da humanidade, foram unânimes em classificar como um sucesso a intensa jornada de trabalho que tinham vivido.

                                                      José Ferreira

 

 

Publicado por Alexandrina de Balasar às 11:19

link da mensagem | Adicionar aos favoritos
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


- Pesquisar neste blog

 

- Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
19
21
22
23
24
26
27
28

- Mensagens recentes

- A ICONOGRAFIA DE CRISTO N...

- TRADUÇÃO PARA CHECO

- MAIS VÍTIMAS DA REPÚBLICA...

- RECENSÃO SOBRE O OPÚSCULO...

- A EDIÇÃO AMERICANA DO OPÚ...

- VÍTIMAS DA REPÚBLICA NA P...

- ICONOGRAFIA DE CRISTO

- OS PAÍSES QUE ESTÃO NO TO...

- O PÁROCO DA ALEXANDRINA N...

- RESPEITO DA ALEXANDRINA P...

- Arquivos

- Fevereiro 2010

- Janeiro 2010

- Dezembro 2009

- Novembro 2009

- Outubro 2009

- Setembro 2009

- Agosto 2009

- Julho 2009

- Junho 2009

- Maio 2009

- Abril 2009

- Março 2009

- Fevereiro 2009

- Janeiro 2009

- Dezembro 2008

- Novembro 2008

- Outubro 2008

- Setembro 2008

- Agosto 2008

- Julho 2008

- Junho 2008

- Maio 2008

- Abril 2008

- Março 2008

- Fevereiro 2008

- Janeiro 2008

- Dezembro 2007

- Novembro 2007

- Outubro 2007

- Setembro 2007

- Agosto 2007

- Julho 2007

- Junho 2007

- Maio 2007

- Abril 2007

- Março 2007

- Fevereiro 2007

- Janeiro 2007

- Dezembro 2006

- Novembro 2006

- Outubro 2006

- Setembro 2006

- Agosto 2006

- Julho 2006

- Junho 2006

- Maio 2006

- Links

- subscrever feeds