Quarta-feira, 30 de Agosto de 2006

MAIS UM LIVRO

A Beata Alexandrina pertencia à LIAM – Liga Intensificadora da Acção Missionária – dos Missionários do Espírito Santo. Por isso um membro desta congregação escreveu sobre ela um livro, cujo manuscrito enviou para Balasar. Logo que possível haverá aqui mais informação a este respeito.

Do Recife, Brasil, enviaram-nos um postal com o interior da Igreja Paroquial de Balasar; no verso vem esta nota do Pe. Pinho:

«Igreja Paroquial de Balasar - vendo-se, no altar-mor, o lindo sacrário (no valor de 10$000,00) oferecido pela Alexandrina».

Onde estará ele?

PS - Ontem não sabia onde estava o sacrário que a Alexandrina oferecera à Paróquia, mas hoje sei: está na capela da Adoração Eucarística, por trás da custódia. No lugar certo.

Creio que ele é mais que um sacrário propriamente dito: será um sacrário-calvário, pois sobre o sacrário encontra-se um crucifixo que se eleva dum recipiente que recolheria o Sangue derramado por Jesus. Nesse recipiente, bebem algumas pombas.

Tudo muito adequado às vivências da Alexandrina…

 

Publicado por Alexandrina de Balasar às 11:32

link da mensagem | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 26 de Agosto de 2006

CENTENARIO DELLA NASCITA DI DON UMBERTO MARIA PASQUALE SDB

 

1 SETTEMBRE 1906 - 1 SETTEMBRE 2006

 

CENTENARIO DELLA NASCITA DI

 

DON UMBERTO MARIA PASQUALE SDB

 

SACERDOTE SECONDO IL CUORE DI CRISTO

SALESIANO NEL CUORE DI DON BOSCO

DIRETTORE SPIRITUALE

DELLA BEATA ALEXANDRINA MARIA DA COSTA

 

Note organizzative

 

Luogo                         Torino – Valdocco (Sala Sangalli)

Data                                      Sabato 7 ottobre 2006

 

Orario                   

9.15                     accoglienza

9.30                     Don Pier Luigi Cameroni:

 

Saluto iniziale e introduzione alla giornata

10.00                   Relazioni

Don Mario Filippi, Direttore del Centro Evangelizzazione e Catechesi “Don Bosco”:

Profilo biografico di don Umberto Pasquale

                  

Don Enrico dal Covolo, Postulatore Generale per le cause dei santi della Famiglia Salesiana

Don Umberto Pasquale e la causa di Beatificazione di Alexandrina

 

                   Prof. Maria Rita Scrimieri:

                   Don Umberto Pasquale direttore spirituale di Alexandrina

 

11.00                   Break

11.30                   Testimonianze e ricordi su don Umberto

12.45                   Pranzo

14.00 Visita alla Basilica di Maria Ausiliatrice, alle Camerette di don Bosco, al Centro mariano

15.30 Eucaristia nella Chiesa di S. Francesco di Sales nella memoria della Madonna del Rosario

 

 

Publicado por Alexandrina de Balasar às 11:11

link da mensagem | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 18 de Agosto de 2006

I ANIVERSÁRIO DO SÍTIO OFICIAL

 

Ocorre por estes dias o I Aniversário do Sítio Oficial da Beata Alexandrina: foi por esta altura que, há uma no atrás, o Sr. Pe. Granja, o Afonso Rocha e o José Ferreira se reuniram em Balasar para dar corpo a um espaço informático que proporcionasse informação variada e que se tornasse como que o ponto de encontro dos divulgadores e amigos da Alexandrina. De um sítio que tem só um ano de vida dificilmente se poderia pedir mais do que o que ele já oferece.

Foi no dia 22 de Agosto de 2005.

 

ECOS DO ENCONTRO DE DIVULGADORES

 

O «Diário do Minho», da Arquidiocese de Braga, e o «Póvoa Semanário», da Póvoa de Varzim, publicaram o artigo que se coloca abaixo, acompanhado de duas imagens. Entretanto, a Agência Ecclesia colocou-o no sue sítio: http://www.agencia.ecclesia.pt/noticia.asp?noticiaid=36064 ; isso terá já levado certamente muitas publicações a apresentá-lo aos seus leitores.

Há um sítio brasileiro que o colocou também em linha, assim como as Paróquias de Portugal: http://www.milicia.org.br/index.asp?pag=noticias/noticias2.asp&num=23451&m=

http://www.paroquias.org/noticias.php?id=6720

 

I ENCONTRO DE DIVULGADORES DA BEATA ALEXANDRINA

 

 

Um grupo de divulgadores da Beata Alexandrina reuniu-se, no respectivo Centro de Estudos, em Balasar, no primeiro sábado de Agosto. O objectivo era conhecerem-se melhor, saberem das dificuldades e dos projectos de cada um e coordenarem iniciativas.

Às dez horas, como combinado, começaram os trabalhos da manhã, que incluíam a apresentação dos participantes, leitura da mensagens daqueles que, não tendo podido vir, quiseram apesar de tudo marcar a sua presença e apresentação de duas breves comunicações sobre o estado actual dos estudos da Beata Alexandrina e sobre os conteúdos e importância do Sítio Oficial.

Dos que vieram, merecem especial menção o Afonso Rocha, açoriano há muito residente em Reims, França, webmaster do Sítio Oficial, o Leo Madigan, escritor neozelandês de nascimento, mas certamente muito europeu de cultura, e uma professora da Esc. Sec. de Eça de Queirós que deu óptima colaboração como tradutora.

Entre os que não puderam estar presentes, contaram-se alguns dos mais ilustres estudiosos e divulgadores da Beata. A Prof.ª Maria Rita Scrimieri, que anda actualmente, em colaboração com outro grande amigo da Alexandrina, o Pe. Pier Luigi Cameroni, a preparar as comemorações do I Centenário do nascimento do Pe. Humberto Pasquale, pôde anunciar para breve a publicação do livrinho Sui passi di Alexandrina (Na peugada da Alexandrina), que será um guião para visitar Balasar. O Pe. Pier Luigi Cameroni, por sua vez, confirmou a preparação da segunda edição do Cristo Gesù in Alexandrina, uma autobiografia que é a maior colectânea de textos da Beata de Balasar alguma vez publicada. Um homem que ultimamente descobriu a Alexandrina é o murciano Salvador Sandoval Martinez; professor de línguas clássicas, mas muito conhecedor de mística – preparou a edição da obra completa em espanhol do beato alemão Henrique Suso – enviou um belíssimo artigo em que desenvolve o tema da teologia da Cruz na Alexandrina e prometeu vir no próximo ano. A Prof.ª Yolanda, que tinha intenção de vir, foi impedida de o fazer à última hora, devido à conturbada situação política que se vive no México; mas não deixou de enviar um escrito vibrante de luta e de esperança. Também não pôde vir a Josie McEvoy, da Alexandrina Society. Quanto à Prof.ª Eugénia Signorile, seria insensato esperar que viesse, mas fez chegar na véspera a sua nova publicação, o livro Solo per Amore (Só por amor), editado pela Mimep-Docete, de Milão. É uma autobiografia (montagem autobiográfica com textos da Beata), mas mais breve que as outras conhecidas; contém um apêndice com numerosas ilustrações. Na capa figura uma bela pintura original da Graziela Sarno.

A reunião, de manhã mas também de tarde, foi muito marcada pelas oportunas intervenções do Leo Madigan, que repetidas vezes chamou a atenção para temas não programados, mas nem por isso de menor interesse.

O Prof. José Ferreira e o Afonso Rocha (da Academia de Reims) foram breves nas suas exposições; com elas esperava-se concluir os trabalhos da manhã. Mas aconteceu então uma muito agradável surpresa, quando se viu entrar pela sala o Sr. Arcebispo, D. Jorge Ortiga, acompanhado por Sua Eminência, o Cardeal D. José Saraiva Martins, Prefeito da Congregação da Causa dos Santos. Tiraram-se fotografias e houve ainda tempo para uma breve conversa.

Seguiu-se o almoço num restaurante das proximidades, que correu também muito bem.

Da parte de tarde, começou-se com uma visita à Casa da Alexandrina, após a qual se efectuou uma passagem pela casa de Felismina Martins, que se encontra de boa saúde e que manteve longa e interessante conversa com os seus visitantes. Houve, depois, ainda ocasião de passar na casa de Gresufes, onde a Beata nasceu.

No regresso ao Centro de Estudos, o Leo Madigan apresentou o seu ousado projecto de DVD, que vai agora ser estudado; se o projecto for por diante, lançará com eficácia o nome da Alexandrina no mundo quase universal da língua inglesa. O projecto aponta mais para um filme que propriamente para um documentário…

No próximo ano, espera-se repetir a iniciativa, alargando o número de convites.

O Sr. Pe. Granja informou que espera relançar  o Boletim da Alexandrina em Outubro, quando da inauguração da imagem da Beata.

Os participantes do encontro, que vêem na Beata Alexandrina uma das grandes figuras da humanidade, foram unânimes em classificar como um sucesso a intensa jornada de trabalho que tinham vivido.

                                                      José Ferreira

 

 

Publicado por Alexandrina de Balasar às 11:19

link da mensagem | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 14 de Agosto de 2006

NOVOS LIVROS

 

Além do livrinho do Kevin Rowles, que se espera que saia dentro de três meses próximo de Londres, e que é um resumo da biografia da Alexandrina, também a Maria Rita, em colaboração com o Pe. Pier Luigi Cameroni, vai publicar uma pequena obra com o título de Sui passi di Alexandrina, para guiar a visita aos lugares santos de Balasar.

Como já é público, a Prof.ª Eugénia Signorile fez sair o belo Solo per Amore (Só por Amor), de teor autobiográfico; isto é, é uma autobiografia construída com citações da Alexandrina, a que foi acrescentadoo respectivo enquadramento narrativo.

Publicado por Alexandrina de Balasar às 11:05

link da mensagem | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 12 de Agosto de 2006

ALEXANDRINA'S BOOKLET

I am hoping to have my small booklet "Blessed Alexandrina Maria da Costa - Living Miracle of the Eucharist" published within the next 3 months. 

It is only a small booklet, which will sell at €1.50 or perhaps €2.00 - an introduction to Blessed Alexandrina for those who know nothing about her.   

 

K.R.

 

Publicado por Alexandrina de Balasar às 11:58

link da mensagem | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 7 de Agosto de 2006

EXCELLENT, WONDERFUL

“Excellent”, “wonderful”: it was in terms like these that the participants of 1st Meeting of Blessed Alexandrina’s Propagaters had classified in the end the intense day of work that they had lived.   

The meeting was initiated at the foreseen hour and the program was executed in the complete, even so with some freedom. Leo Madigan repeatedly intervined to ask for clarifications and also to give them, as when he informed that Francis Johnston was not priest, in contrast of what many assumed.   

After the opening by Rev. Fr Granja, were read, but no integrally, the messages that Maria Rita and Rev. Fr Pier Luigi Cameroni, Yolanda, Salvador Sandoval and Josie had sent. Maria Rita and Rev. Fr Pier Luigi Cameroni had among others tinhs informed that they are preparing a book that is a kind of guide for the visit to the holy places of Balasar; Yolanda, hindered at the departure hour of  coming due to the problematic politic situation of her country, sent a long text and promised that in the first chance would come to Balasar; Salvador Sandoval, Spanish professor of classic languages, sent an extensive and nice article on the theology of the Cross in the Blessed Alexandrina’s life and work and promised that he would not fail the next meeting; Josie, who had sent a Peace Cross, of Saint Brigid, lamented the impossibility to be present.

Copies of these messages had been later distributed to the participants.  

In the occasion, as relevant moment, was presented the Eugénie Signorile’s new book, Solo per Amore (Only for love), an autobiography of Alexandrina.  

José Ferreira and Afonso Rocha had developed then, in brief register, the subjects that had been attributed to them.  

In this moment happened the great surprise of the day, when the Archbishop of Braga and Cardinal José Saiva Martins had entered the room; coming from Braga to Oporto, the Archbishop wanted to find Rev. Fr Granja and thus appeared there with his illustrious companion. Photographs had been taken; some of them will be soon placed in the Official Site; the Cardinal José Saraiva Martins signed the guestbook in Alexandrina’s House.  

To the people present was distributed a relic of the Beata and two compact discs with varied information.  

The lunch in a restaurant of the neighborhoods was followed, that also ran very well.   

The afternoon period begun with a visit to Alexandrina’s House; later, was followed other visit, to Felismina Martins, who is of good health and kept long and interesting colloquy with her visitors. After, there was still occasion to see the Gresufes’s house, where the Beata was born.  

In the return to the Center of Studies, Leo Madigan presented his bold project of DVD, that now will be studied; if it has Fr Granja’s approval, it will launch with effectiveness the Alexandrina’s name in the almost universal world of the English language.  

In the next year, the meeting will be probably repeated, with a wider number of guests.  

The Alexandrina’s Bulletin will be relaunched in October, when will be innaugurated the Beata’s image, according to the hope of Rev. Fr. Granja.

As it is said in the beginning, the participants had left this meeting with a very positive impression.

 

Leo Madigan’s viewpoint

 

Saturday August 5th I drove with Manuel Carvalho from Fatima to Balasar. José Ferreira had organized a symposium of parties concerned with propagating name and spirituality of Blessed Alexandrina da Costa. It was an engaging and productive day. I was most impressed by Padre Granja who not only has a busy parish to run, but also a shrine which attracts many hundreds of visitors each month. He actually took time out from this great pressure of work to spend the whole day with the meeting and even took us to lunch.

 

Mid morning we were surprised, and delighted, by a the arrival of Cardinal Martins, who heads the discastery concerned with the Causes of Saints in Rome, and the Archbishop of Braga.

 

In the afternoon we visited several places concerned with the life of Blessed Alexandrina, the most interesting of which, for me, was the house in Gresufes where the Beata was born. I had never been there before.

 

When Alexandrina was alive it was said that no one visiting her ever left without feeling he had been in the presence of the supernatural. That is a gift that she didn’t take with her when she went to heaven in 1955. It is her legacy to Balasar and the experience of it is never so poignant as when one is leaving. It is then that the visitor is suddenly conscious that he has been immersed in the joy of sanctity. And it was no different for Manuel and I when we finally drove away from Balasar around six thirty in the evening.

L.M.

Publicado por Alexandrina de Balasar às 18:13

link da mensagem | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 5 de Agosto de 2006

EXCELENTE, MARAVILHOSO

 

«Excelente», «maravilhoso»: foi em termos como estes que os participantes do 1.º Encontro de Divulgadores da Beata Alexandrina classificaram no final a intensa jornada de trabalho que tinham vivido.

A reunião iniciou-se sensivelmente à hora prevista e o programa foi executado na íntegra, embora com alguma liberdade. O Leo Madigan interveio repetidamente a pedir esclarecimentos e também a dá-los, como quando informou que Francis Johnston não era sacerdote, ao contrário do que muitos supunham.

Depois da abertura pelo Sr. Pe. Granja, foram lidas ainda que por alto as mensagens que a Maria Rita e o Sr. Pe. Pier Luigi Cameroni, a Yolanda, o Salvador Sandoval e a Josie tinham enviado. A Maria Rita e o Sr. Pe. Pier Luigi Cameroni informaram entre outras coisas que estão a preparar um livro que é uma espécie de guião para a visita aos lugares santos de Balasar; a Yolanda, impedida à última hora de vir em razão da muito problemática situação política do seu país, enviou um longo texto e prometeu que na primeira oportunidade viria a Balasar; o Salvador Sandoval, professor espanhol de línguas clássicas, mandou um extenso e belíssimo artigo sobre a teologia da cruz na Beata Alexandrina e prometeu que não faltaria ao próximo encontro; a Josie, que tinha enviado uma Cruz da Paz, de Santa Brígida, lamentou a impossibilidade de estar presente. Estas mensagens foram depois policopiadas e distribuídas aos participantes.

Na ocasião, como momento relevante, foi apresentado o novo livro da Prof.ª Eugénia Signorile, Solo per Amore, uma autobiografia da Alexandrina.

O José Ferreira e o Afonso Rocha desenvolveram então, em registo breve, os temas que lhes tinham sido atribuídos.

Nesta altura aconteceu a grande surpresa do dia, quando entraram na sala o Sr. Arcebispo de Braga e o Sr.  Cardeal D. José Saraiva Martins; de passagem entre Braga e Porto, o Sr. Arcebispo quis dar umas palavras ao Sr. Pe. Granja e assim apareceu ali com o seu ilustre acompanhante. Tiraram-se fotografias; algumas delas serão em breve colocadas no Sítio Oficial; o Sr. Cardeal D. José Saraiva Martins assinou o livro de visitas na Casa da Alexandrina.

Aos presentes foi distribuída uma relíquia da Beata e dois CD’s com informação variada.

Seguiu-se o almoço num restaurante das proximidades, que correu também muito bem.

Da parte de tarde, começou-se com uma visita à Casa da Alexandrina, após a qual se efectuou uma passagem pela casa de Felismina Martins, que se encontra de boa saúde e que manteve longa e interessante conversa com os seus visitantes. Houve, depois, ainda ocasião de passar na casa de Gresufes, onde a Beata nasceu.

No regresso ao Centro de Estudos, o Leo Madigan apresentou o seu ousado projecto de DVD, que vai agora ser estudado; se o projecto for por diante, lançará com eficácia o nome da Alexandrina no mundo quase universal da língua inglesa.

No próximo ano, espera-se repetir a iniciativa, alargando o número de convidados.

O Sr. Pe. Granja informou que espera relançar  o Boletim da Alexandrina em Outubro, quando da inauguração da imagem da Beata.

Como está dito ao princípio, os participantes saíram encantados deste encontro.

 

Publicado por Alexandrina de Balasar às 22:42

link da mensagem | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

- Pesquisar neste blog

 

- Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
19
21
22
23
24
26
27
28

- Mensagens recentes

- A ICONOGRAFIA DE CRISTO N...

- TRADUÇÃO PARA CHECO

- MAIS VÍTIMAS DA REPÚBLICA...

- RECENSÃO SOBRE O OPÚSCULO...

- A EDIÇÃO AMERICANA DO OPÚ...

- VÍTIMAS DA REPÚBLICA NA P...

- ICONOGRAFIA DE CRISTO

- OS PAÍSES QUE ESTÃO NO TO...

- O PÁROCO DA ALEXANDRINA N...

- RESPEITO DA ALEXANDRINA P...

- Arquivos

- Fevereiro 2010

- Janeiro 2010

- Dezembro 2009

- Novembro 2009

- Outubro 2009

- Setembro 2009

- Agosto 2009

- Julho 2009

- Junho 2009

- Maio 2009

- Abril 2009

- Março 2009

- Fevereiro 2009

- Janeiro 2009

- Dezembro 2008

- Novembro 2008

- Outubro 2008

- Setembro 2008

- Agosto 2008

- Julho 2008

- Junho 2008

- Maio 2008

- Abril 2008

- Março 2008

- Fevereiro 2008

- Janeiro 2008

- Dezembro 2007

- Novembro 2007

- Outubro 2007

- Setembro 2007

- Agosto 2007

- Julho 2007

- Junho 2007

- Maio 2007

- Abril 2007

- Março 2007

- Fevereiro 2007

- Janeiro 2007

- Dezembro 2006

- Novembro 2006

- Outubro 2006

- Setembro 2006

- Agosto 2006

- Julho 2006

- Junho 2006

- Maio 2006

- Links

- subscrever feeds